22 de fev de 2015

BLOQUEIO IMPEDE CUBA DE RECEBER 102 MIL DÓLARES POR TÍTULO NO BASEBOL.



Segundo o jornalista Luis Augusto Símon, Cuba ficou sem o prêmio em dinheiro a que tinha direito pelo título da Liga do Caribe de basebol, conquistado dia 8 de fevereiro. 



A Liga do Caribe é um campeonato que tem o patrocínio da Major League Baseball que segue as determinações do Departamento de Controle dos Bens Estrangeiros dos EUA, que diz que nenhum cubano residente em Cuba e nem organismos estatais cubanos podem receber pagamentos em dólares por qualquer tipo de transação. Gourriel, Cepeda e Despaigne, cubanos eleitos para o Jogo das Estrelas, também não receberam os prêmios.


E, para piorar, as autoridades do basebol estadunidense criaram medidas que facilitam a “deserção” de jogadores cubanos. “Não é mais preciso que peçam permissão oficial ao governo dos Estados Unidos para firmar contrato com as franquias da MLB. E os jogadores que assinarem contrato precisam declarar que não são mais cidadãos cubanos”, informa Símon no "Cuba sem Barreiras".


A declaração é a seguinte: “Declaro que assumi residência permanente fora de Cuba. Além disso, declaro que não pretendo voltar a Cuba e que não me permitirão voltar. Declaro também que não sou funcionário do Governo de Cuba e que não sou membro do Partido Comunista de Cuba''.


Ainda segundo o jornalista, que agora tem um blog exclusivo sobre o esporte cubano no UOL, as decisões dos estadunidenses combatem a nova política cubana em relação à saída de jogadores para o exterior. Em relação ao Japão, por exemplo, os atletas cubanos “são liberados para jogar, através de contratos preparados conjuntamente entre as entidades esportivas dos dois países e se comprometem a voltar a Cuba para defender a seleção em competições internacionais”.

Mais um exemplo que mostra que o bloqueio contra Cuba permanece bem ativo.


Fonte: Solidários 
http://convencao2009.blogspot.com.br/2015/02/bloqueio-dos-eua-impede-cuba-de-receber.html
Postado por AF Sturt Silva
Marcadores: BLOQUEIO ECONÔMICO CONTRA CUBA, ESPORTE CUBANO

                           PELO FIM DO BLOQUEIO A CUBA!!! VENCEREMOS !!!

21 de fev de 2015

PELO FIM DO BLOQUEIO !!


Em 11/02 o Comitê Carioca de Solidariedade a Cuba realizou atividade naENFF - Escola Nacional Florestan Fernandes em Guararema - SP.



Cerca de 50 jovens e adultos participavam do Curso de Internacionalismo de 2015 naquela Escola, sendo que 20 jovens Sem Terra irão ainda este ano em uma Brigada Internacionalista em programa de intercâmbio nos Estados Unidos. Além destes, uma turma de jovens noruegueses que lá se encontravam em intercâmbio quiseram participar da conversa, sendo auxiliados com tradução simultânea feita por uma das alunas.




A atividade realizada foi sobre o bloqueio imposto pelos EUA a Cuba há mais de meio século. A importância da atividade se deveu principalmente ao fato de munir a turma que partirá para os EUA de toda a informação sobre o fato para que por lá também possam divulgar entre a população estadunidense esta posição dos diferentes governos norte-americanos.Muitas perguntas, dúvidas, enfim, muito dinâmica a atividade e muito formativa.




Como sempre fazemos em atividades como essa, foi feito sorteio de material de 4 fascículos da Revista Caros Amigos (foto), dois DVD's sobre o bloqueio, camisetas e boné do Comitê. Panfleto com um pequeno resumo do caso foi distribuído entre todos e todas presentes.

















Panfleto com um pequeno resumo do caso foi distribuído entre todos e todas presentes. Muitas perguntas, dúvidas, enfim, muito dinâmica a atividade e muito formativa. Os brigadistas que vão para os EUA receberam camiseta com texto em inglês para que lá divulguem a causa.



O panfleto (frente e verso) distribuído com um texto bem resumido sobre o bloqueio.

                                                             

PELO FIM DO BLOQUEIO A CUBA!!! VENCEREMOS !!!

8 de fev de 2015

PELO FIM DO BLOQUEIO CONTRA CUBA! É BLOQUEIO, NÃO EMBARGO!

O BLOQUEIO CONTRA CUBA

O bloqueio contra Cuba foi imposto pelo governo dos EUA em 1962. Todo o comércio entre os dois países foi proibido. No ano seguinte foram proibidas as viagens de cidadãos estadunidenses a Cuba. Os sucessivos governos estadunidenses aprovaram leis e normas para tornar cada vez mais severas as restrições contra Cuba. 
Em 1992 surge a primeira lei aprovada pelo Congresso daquele país, a “Lei para a democracia Cubana” ou “Lei Torricelli” que tinha por pretexto “a segurança nacional dos EUA” e a “promoção dos direitos humanos e pela democracia em Cuba“. A lei reunia todas as medidas contra Cuba com a finalidade de isolar o país da comunidade internacional. Esta norma acaba por invadir a soberania de terceiros países ao proibir subsidiárias de empresas estadunidenses estabelecidas em outros países de comercializar com Cuba, assim como a proibição de navio de qualquer nacionalidade de atracar em território dos EUA se anteriormente houvesse comercializado em qualquer porto cubano dentro do período de seis meses. Em 1996 o congresso norte americano promulgou a “Lei para a Liberdade e Solidariedade Democrática Cubana” ou Lei Helms-Burton que reuniu todas as normas e demais legislações contra Cuba desde 1962.


É bloqueio, não “embargo”!

De acordo com normas internacionais, o que o governo estadunidense aplica a Cuba é um bloqueio criminoso com a finalidade de isolar e asfixiar todo um povo sem que se tenha uma guerra declarada. Falamos de embargo quando um país, de forma judicial, retém bens daquele para garantir o cumprimento de um acordo realizado legitimamente. Cuba não é devedora dos EUA. Não cometeu delito contra os EUA.
E sofre este verdadeiro genocídio há mais de cinco décadas. Os prejuízos econômicos e humanos são enormes. Um verdadeiro genocídio. Desde 1992 a ONU vota contra o bloqueio. De 191 países, na última votação (2014) 188 nações votaram pelo fim desta inexplicável sanção aplicada a um país que mantém, apesar de tudo, solidariedade pelas demais nações.

PELO FIM DO BLOQUEIO A CUBA!!! VENCEREMOS !!!
mais informações : http://www.cubavsbloqueo.cu/

MÉDICOS CUBANOS QUE COMBATEM O EBOLA SÃO INDICADOS AO NOBEL DA PAZ.

O Contingente Internacional de Médicos Especializados em Situações de Desastres e Graves Epidemias de Cuba, será indicado para o Prêmio Nobel da Paz de 2015. 

 Durante a conferência anual de sindicalistas noruegueses, realizada em Trondheim (norte), foi aprovado por unanimidade, propor como candidato ao Prêmio Nobel da Paz de 2015, o Contingente Internacional de Médicos Especializados em Situações de Desastres e Graves Epidemias Henry Reeve, de Cuba. 

 A embaixadora de Cuba no país, María Esther Fiffe Cabreja, destacou proezas cotidianas realizadas pelos membros do Contingente e como "com um trabalho abnegado, esses profissionais ganham reconhecimento, amor e respeito de milhões de seres humanos no planeta". 

 Fiffe Cabreja acrescentou que "em nome da vida e da Revolução, vidas são salvas e milhões de pessoas em todo o mundo afetadas por desastres e epidemias são socorridas, como no caso dos 256 profissionais de saúde que viajaram para a África ocidental para combater o Ebola". 

O contingente leva o nome Henry Reeve em homenagem ao jovem estadunidense que morreu lutando pela independência de Cuba do colonialismo espanhol. 

 Em contexto: 

 O governo cubano treinou 461 médicos e enfermeiros, que em Serra Leoa durariam cerca de seis meses. 

 O país caribenho foi o primeiro a atender ao apelo da Organização Mundial da Saúde (OMS) para cobrir as necessidades de pessoal na região. 

 Durante essa luta, o médico cubano Félix Báez contraiu o ebola enquanto estava em Serra Leoa, como parte da Brigada especial enviada para ajudar os infectados do vírus. Ele foi transferido para Genebra (Suíça), em 20 de novembro, logo que a Organização Mundial de saúde (OMS) sugeriu que o médico deveria ser transferido para um centro especializado em doenças de alta transmissibilidade na cidade Suíça.

   

1 de fev de 2015

A SOLIDARIEDADE NÃO SE PODE BLOQUEAR


O Comitê pela Liberdade dos Cinco Cubanos do Rio de Janeiro, comemorando esta grande vitória alcançada pela libertação dos Cinco Heróis, poderia ter encerrada aqui sua tarefa. Mas o fato é que ainda temos muito trabalho pela frente.
É com muita alegria (e novamente com muita esperança!) que vamos continuar lutando pela Justiça e por um mundo melhor, possível e necessário aqui desta trincheira. Isso envolve um grande obstáculo que vamos vencer. De novo.



Contamos com a adesão de todos os amigos para mais esta Campanha de Solidariedade:

PELO FIM DO BLOQUEIO DOS EUA CONTRA CUBA !!!

É este, a partir de agora, nosso lema e o bom combate que vamos travar: divulgar mais esta injustiça que prejudica o povo cubano sem que exista uma explicação plausível para medidas tão cruéis contra aquele país. Este espaço – assim como os demais de redes sociais com que contamos – será atualizado a partir de agora com dados e informações sobre o bloqueio para podermos divulgar, curtir, compartilhar, etc. E de novo, dizemos: não vamos desistir !!

A SOLIDARIEDADE NÃO SE PODE BLOQUEAR



VENCEMOS !! VENCEREMOS