7 de mai de 2013

RENÉ ESTÁ LIVRE! - Carta de Ramón

RENÉ ESTÁ LIVRE !!

Por Ramón Labañino

Esta boa notícia nos invadiu a todos com otimismo, com alegria; porque a tão esperada liberdade de um de nossos irmãos já se fez realidade. Já era hora depois de tanta dilação e injustiça! Primeiro que tudo nos sentimos mais aliviados que o nosso companheiro não continue mais correndo perigo sobre sua vida ao não ter que permanecer por nem um segundo a mais neste cenário rodeado de ameaças que conhecemos.

Com ele, nós quatro nos sentimos também um pouco livres. É como se uma parte de nós já estivesse em casa, com nossa família e amigos, no seio de nosso povo, com nossas irmãs e irmãos do mundo.

René é nossa vanguarda. Ele leva o abraço e carinho dos Cinco a todos vocês. Em sua presença estamos os Cinco: em cada ação que realize pelo bem de Cuba e da humanidade, em suas novas responsabilidades e tarefas, em suas novas missões e sonhos. Ali estará até que finalmente Os Cinco nos encontremos livres naquela terra que tanto amamos.

Nos invade a alegria e com ela o otimismo de que o amor e a verdade sempre vencem sobre as injustiças !

! Venceremos !

Cinco abraços eternos !

Fernando.
Gerardo.
Antonio.
Ramón.

FCI Ashland, Kentucky
6 de maio de 2013.



4 de mai de 2013

Mensagem dos Cinco pelo Primeiro de Maio

Havana, 1º de Maio de 2013 (Agência Internacional de Notícias). 

"Eles também sao trabalhadores e merecem um 1º de Maio em sua Terra.
Liberdade aos 5 Cubanos refén do Império"

O combatente anti-terrorista, Ramón Labañino, em seu nome e em nome de seus quatro colegas condenados injustamente nos Estados Unidos, enviou uma mensagem aos trabalhadores pelo Primeiro de Maio, publicado pelo diário Granma e que reproduzimos abaixo, integralmente, e em português. 


“Neste 1º de Maio, Dia dos Trabalhadores, recebam o abraço e o afeto infinito dos Cinco, que ainda aqui, na linha de frente do combate, os acompanhamos em cada esforço, em cada ato e cada obra pelo bem de Cuba, de todas as partes do mundo. 
Este é um dia para lembrar que é na uniao de todos que está a vitória; hoje mais do que nunca se cumpre a máxima: 
'Trabalhadores de todo o mundo, uni-vos!' 
Aí estamos, junto a todos vocês, companheiros que nos acompanham: sindicalistas, trabalhadores, estudantes, intelectuais, povo na essência!"

VIVA O 1º DE MAIO, DIA DOS TRABALHADORES!


VIVA CUBA LIVRE, INDEPENDENTE E SOBERANA!



!HASTA LA VICTORIA, SIEMPRE!



CINCO ABRAÇOS PROLETÁRIOS!



RENÉ - FERNANDO - GERARDO - ANTONIO - RAMÓN



Penitenciária Federal - Ashland, Kentucky
28 de Abril de 2013.


Fotos da comemoraçao pelo Dia dos Trabalhadores em Cuba:





Solidariedade em Portugal: 25 de Abril e os 5 Cubanos

Lisboa, 25 de Abril de 2013. 



Somando-se às manifestações que o povo português realiza anualmente para celebrar o aniversário da Revolução dos Cravos (ocorrida em 25 de Abril de 1974), o Comitê Português pela Libertação dos Cinco Cubanos participou da passeata exibindo uma grande faixa exigindo a libertação dos Cinco, no centro da cidade de Lisboa, por onde passaram as principais marchas comemorativas. 


Originalmente publicado (em espanhol) por Cubaminrex/Embacuba Portugal.

VITÓRIA!!! René González consegue permissao para permanecer em Cuba!

René González poderá cumprir o restante de sua pena (em regime de liberdade condicional) em Cuba!


Em ato que simboliza um grande avanço para o caso dos Cinco Cubanos, um tribunal concedeu permissão – similar a outra expedida em Junho do ano passado – para que René González cumpra o tempo restante de sua liberdade condicional de três anos em Cuba, podendo permanecer definitivamente em seu país após esse período. Até entao, o tribunal exigia que René cumprisse sua liberdade condicional nos EUA, em local nao revelado. Essa sentença obrigava René a permanecer isolado e na clandestinidade, pois naquele país ele sofre ameaças de morte pelos mesmos terroristas cujos planos os Cinco pretendiam expor, quando foram aos EUA. 

René já estava em Cuba há duas semanas, para comparecer às cerimônias fúnebres de seu pai Cándido, que faleceu recentemente. 

“René e eu estamos felizes por ele poder ficar ao lado de sua família, permanentemente. A conduta exemplar de René demonstra que os Cinco nao sao aqueles indivíduos perigosos que o Governo dos EUA insiste em dizer. Estamos muito felizes e tomaramos todas as medidas necessárias para que ele fique, em conformidade com a ordem judicial”, disse Phil Horowitz, advogado de René. 



A ordem judicial de 7 páginas, emitida pela Juíza Joan Lenard (clique aqui para baixar o documento na íntegra), descreve os requisitos para René permanecer em Cuba. O principal deles é que renuncie à sua nacionalidade estadunidense, ao qual René já havia voluntariamente se oferecido. De acordo com o Código Federal dos EUA, é necessário estar fora do país para renunciar à cidadania estadunidente. 

Estamos muito contentes por René que, jassim como seus quatro irmaos cubanos, foi injustamente castigado por ser um orgulhoso defensor de seu povo, de sua pátria e da Revoluçao Cubana. Esta notícia deve dar a todos os defensores da causa dos Cinco Cubanos uma grande inspiraçao para continuar na luta e fazer com que Gerardo, Ramón, Antonio e Fernando possam voltar para casa imediatamente!

OBAMA, vamos lá!
Sim, você pode!
LIBERDADE JÁ!